ORIGEM DA IGREJA CATÓLICA E DAS IGREJAS PROTESTANTES

Origem da Igreja Católica e das Igrejas Protestantes

Vamos conhecer algumas de suas denominações, então todos os nomes dessas igrejas que serão mostradas são decorrente das reformas seja de Lutero,calvino ou de outros fundadores! Primeiramente vamos ver as primeiras seitas decorrente das primeiras correntes protestantes (o chamado Protestantismo Histórico) Antes de tudo convém saber que: 
A única e verdadeira Igreja visível de Jesus Cristo é a que foi fundada por ele mesmo no primeiro século da nossa era sobre o apóstolo Pedro (Mt 16, 18-19; Jo 21, 15-17; Lc 22, 31-32...) É a que existe “visível e ininterruptamente” desde o 1° século da nossa era até hoje e existirá até o fim do mundo (Mat. 28, 20).
Ora, cada uma das milhares de “ igrejas “ denominações protestantes foram fundadas por um mero homem ou mulher e nenhuma igreja protestante existe visível e ininterruptamente desde o 1° século, é historicamente comprovado que o protestantismo com suas milhares de “igrejas” nasceram só no Século XVl em diante, portanto, nem o protestantismo nem nenhuma das milhares de igrejas protestantes são a verdadeira Igreja de Jesus Cristo. Ademais, Jesus fundou uma só Igreja não milhares como existe no protestantismo. Ele disse: Edificarei A MINHA IGREJA (Mt 16, 18) não as minhas igrejas.
Precisamente para facilitar aos cristãos a tomada de consciência do hiato histórico (lacuna e distância histórica) que intercede entre Jesus Cristo e as denominações protestantes, publicamos a tabela seguinte:
Informando: Ano, Denominação, Origem, Fundador
~33, Fundação da Igreja Católica, Palestina, Jesus,
1521, Igreja Luterana, Alemanha, Martinho Lutero
1523, Anabatistas , Alemanha, Zwickau
1523, Batistas Menonitas, Holanda, Menno Simons
1531, Igreja Anglicana, Inglaterra, Henrique VIII
1536, Igreja Presbiteriana, Suiça, João Calvino
1592, Igreja Congregacionalista, Inglaterra, John Greenwood e outros
1612,Igreja Batista Arminiana ou Geral, Inglaterra , John Smith
~1630, Sociedade dos Amigos (Quakers), Inglaterra, George Fox
1641, Igreja Batista Regular ou Particular, Inglaterra, Richard Blount
1739, Igreja Metodista, Inglaterra, John Wesley
1816, Igreja Adventista, EUA, Willian Miller
1830, Mórmons, EUA, Joseph Smith
1865, Exército da Salvação, Inglaterra, Willian Booth
1878, Testemunhas de Jeová, EUA, Charles T.Russel
1901, Igreja Pentecostal, EUA, Charles Parham
1903, Igreja Presbiteriana Independente, Brasil, Othoniel C. Mota
1909, Congregação Cristã no Brasil, Brasil, Luís Francescon
1910, Igreja Assembleia de Deus, EUA/Brasil, D.Berg/G.Vingren
1918, Igreja do Evangelho Quadrangular, EUA, Aimée McPherson
1945, Igreja Católica Apostólica Brasileira (ICAB), Brasil, Carlos D.Costa
1955, Cruzada o Brasil para Cristo, Brasil, Manoel de Mello
1962, Igreja Deus é Amor, Brasil, David Miranda
1977, Igreja Universal do Reino de Deus, Brasil, Edir Macedo
No Brasil, temos as seguintes ramificações (divisões) classificadas em:
Protestantismo Histórico
Luteranos:
Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil
Igreja Evangélica Luterana do Brasil
Igreja Evangélica Livre do Brasil

Anglicanos: (Episcopais) / Anglicanos Brasileiros:
Igreja Anglicana do Brasil
Igreja Anglicana Independente
Igreja Anglicana Ortodoxa
Igreja Anglicana Reformada
Igreja Anglicana Tradicional do Brasil
Igreja Cristã Episcopal
Igreja Episcopal Anglicana do Brasil
Igreja Episcopal Anglicana Livre
Igreja Episcopal Carismática
Igreja Episcopal do Evangelho Pleno
Diocese do Japi - Igreja Episcopal Anglicana do Chile
Diocese do Recife - Igreja Anglicana do Cone Sul
Igrejas Reformadas: (Calvinistas) (estrangeiras)
Igreja Reformada Suíça - religião oficial da maioria dos cantões da Suíça.

Igreja Protestante Evangélica Holandesa - recentemente unificada, não é mais a religião oficial dos Países Baixos
Igreja Reformada Francesa - a igreja dos Huguenotes
Igreja Congregacional - concentrada na Nova Inglaterra, nos Estados
Unidos, hoje parte da Igreja Unida de Cristo.
Igreja Reformada Hungara
Igreja da Escócia

Congregacionais: (Igrejas calvinistas no Brasil)
União das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil
Igreja Cristã Evangélica do Brasil
Aliança das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil
Aliança das Igrejas Evangélicas Congregacionais Brasileiras
Associação das Igrejas Congregacionais Kalleyanas
Igreja Evangélica Congregacional do Brasil
Conferência Cristã Congregacional Conservadora
Presbiterianos:
Igreja Presbiteriana do Brasil
Igreja Presbiteriana Independente do Brasil
Igreja Presbiteriana Unida do Brasil
Igreja Presbiteriana Conservadora do Brasil
Igreja Presbiteriana Renovada do Brasil (carismática)

Anabatistas:
Igreja Mennonita
Dunkers
Chamado de protestianismo Histórico Por ser decorrente direto dos primeiros séculos depois do protesto e por seguir uma linha ‘’lógica das doutrinas ensinada por seus idealizadores’’
Protestantismo Tardio
Batistas:
Convenção Batista Brasileira
Convenção Batista Nacional (pentecostal)
Igrejas Batistas Independentes no Brasil (pentecostal)
Igreja Batista Regular
Igreja Batista Conservadora
Igreja Batista do Sétimo Dia
Comunhão Batista Bíblica Nacional
Comunhão Reformada Batista do Brasil (calvinista)
Comunidade Batista Cristã (pentecostal)
Metodistas:
Igreja Metodista
Igreja Metodista Livre
Igreja Metodista Wesleyana (pentecostal)
Igreja Wesleyana Unida (pentecostal)

Campbelitas:
Discípulos de Cristo
Igrejas de Cristo
Outras:
Igreja Evangélica Brasileira
Exército de Salvação
Casa de Oração
Pentecostais
Pentecostais de Primeira Onda: (Pentecostalismo)
Assembleia de Deus
Congregação Cristã no Brasil
Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil
Missão Evangélica Pentecostal do Brasil
Igreja de Cristo no Brasil
Igreja de Deus no Brasil
Igreja de Cristo Pentecostal no Brasil
Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil

Pentecostais de Segunda Onda: (Deutero-pentecostalismo)
Igreja do Evangelho Quadrangular
Igreja Pentecostal Deus é Amor
Igreja Evangélica Pentecostal O Brasil Para Cristo
Catedral da Bênção
Igreja Unida
Pentecostais de Terceira Onda: (Neopentecostais)
Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra
Igreja Internacional da Graça de Deus
Igreja Universal do Reino de Deus
Igreja Cristã de Nova Vida
Igreja Evangélica Cristo Vive
Igreja Apostólica Renascer em Cristo
Igreja Apostólica Fonte da Vida
Igreja Bola de Neve
Ministério Internacional da Restauração
Igreja Pentecostal de Jesus Cristo
Igreja Mundial do Poder de Deus
Comunidade da Graça

Avivados ou Renovados:
Igreja Cristã Maranata
Igreja Presbiteriana Renovada do Brasil
Aliança das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil
Convenção Batista Nacional
Comunidade Batista Cristã
Igrejas Batistas Independentes no Brasil
Igreja Adventista da Promessa
Igreja Metodista Wesleyana
Igreja Wesleyana Unida
Igreja Batista Missionária Central Petrolina

Restauracionistas
Adventismo
Igreja Adventista do Sétimo Dia
Sinagoga Adventista (ligada a Igreja Adventista do Sétimo Dia)
Igreja Adventista do Sétimo Dia Movimento de Reforma
Igreja Adventista da Promessa
Igreja Adventista Brasileira
Igreja Cristã Bíblica Adventista
Membros da Igreja de Deus Internacional
Outros
Ciência Cristã
Mensagem de William Branham
Igreja Remanescente Dualista dos Primogênitos
Congregação Israelita da Nova Aliança
http://pt.wikipedia.org/…/Anexo:Lista_de_denomina%C3%A7%C3%…
(Clicando em cima dos nomes o link levara ao site de cada Igreja)

Agora nomes excêntricos
Agora vamos ver um pouco do porque a seita protestante se enterra a cada dia e por que entre eles mesmos estão perdendo a credibilidade que eles achavam que tinham,onde cada um tem sua interpretação diferente e oposta, devido à livre interpretação das sagradas escrituras acontece isso em suas ‘’igrejolas’’:
Assembléia De Deus Com Doutrinas E Sem Costumes (Rio De Janeiro - RJ) 
Associação Evangélica Fiel Até Debaixo D'água
Bola De Neve Church (Esta garante que vai para o Abismo)
Catedral Evangélica Pentecostal Do Grande Deus (Bragança Paulista - SP)
Comunidade Arqueiros De Cristo
Comunidade Do Coração Reciclado 
Comunidade Evangélica Shalom Adonai, Cristo!
Comunidade Porta Das Ovelhas
Congregação Anti-Blasfêmias
Congregação J.A.T. (Jesus Ama A Todos)
Cruzada De Emoções
Cruzada Do Poder Pleno E Misterioso
Cruzada Evangélica Do Ministério De Jeová, Deus Do Fogo
Cruzada Evangélica Do Pastor Waldevino Coelho, A Sumidade
Igreja "A" De Amor 
Igreja "Eu Sou A Porta"
Igreja A Fé De Gideão
Igreja A Serpente De Moisés, A Que Engoliu As Outras (Rio De Janeiro - RJ)
Igreja Aceita A Jesus
Igreja Assembléia De Deus Dos Remanescentes (Petrolina - PE)
Igreja Atual Dos Últimos Dias (Araras - SP)
Igreja Automotiva Do Fogo Sagrado
Igreja Batista A Paz Do Senhor E Anti-Globo
Igreja Batista Coluna De Fogo (Belo Horizonte - MG)
Igreja Batista Incêndio De Bênçãos
Igreja Batista Ô Glória!
Igreja Batista Ponte Para O Céu
Igreja Batista Renovada Lugar Forte
Igreja C.R.B. (Cortina Repleta De Bênçãos)
Igreja Caverna De Adulão
Igreja Cenáculo De Oração Jesus Está Voltando
Igreja Chave Do Éden
Igreja Comunidade Porta Das Ovelhas (Belo Horizonte - MG)
Igreja Cristã Pentecostal Universal Sarça Ardente (Cabreuva - SP)
Igreja Cristo É Show
Igreja Da Bênção Mundial Fogo De Poder
Igreja Da Cruz Erguida Para O Bem Das Almas
Igreja Da Oração Eficiente
Igreja Da Pomba Branca
Igreja Das Sete Trombetas Do Apocalipse
Igreja De Deus Assembléia Dos Anciãos (Itapecirica Da Serra - SP)
Igreja De Deus Da Profecia No Brasil E América Do Sul
Igreja De Deus Que Se Reúne Nas Casas (Itaúna - MG)
Igreja De Jesus Cristo No Universo (Porto Velho - RO)
Igreja De Novo Amanhã (Canoas - RSs)
Igreja Dekanthalabassi
Igreja Despertai Para Jesus (São Vicente - SP)
Igreja Do Amor Maior Que Outra Força
Igreja Do Evangelho Triangular No Brasil (Sertãozinho – SP)
Igreja Do Manto Branco
Igreja Dos Bons Artifícios
Igreja Dos Habitantes De Dabir
Igreja E.T.Q.B. (Eu Também Quero A Bênção)
Igreja Este Brasil É Adventista
Igreja Evangélica A Última Trombeta Soará (Contagem - MG)
Igreja Evangélica Abominação À Vida Torta
Igreja Evangélica Adão É O Homem
Igreja Evangélica Almas Para Cristo (Curitiba - PR)
Igreja Evangélica Assembléia De Deus Ministério Eis-Me Aqui (Nova Iguaçú - RJ)
Igreja Evangélica Assembléia Dos Primogênitos (João Pessoa - PB)
Igreja Evangélica Batista Barranco Sagrado
Igreja Evangélica Cenáculo De Oração Jesus Está Voltando (Brasília - DF)
Igreja Evangélica Cristã Pentecostal Jesus Pastor (Pouso Alegre - MG)
Igreja Evangélica Deus Pentecostal Da Profecia (São Mateus - ES)
Igreja Evangélica Do Monte De Oração
Igreja Evangélica Dos Hinos Maravilhosos
Igreja Evangélica Em Obra De Libertação (Rio De Janeiro - RJ)
Igreja Evangélica Explosão Da Fé (Belford Roxo - RJ)
Igreja Evangélica Facho De Luz (São Bernardo Do Campo - SP)
Igreja Evangélica Florzinha De Jesus
Igreja Evangélica Fonte De Milagres
Igreja Evangélica Internacional Soldados Da Cruz De Cristo (Rio De Janeiro - RJ)
Igreja Evangélica Luz No Escuro
Igreja Evangélica Ministério Cristão Fé E Palavra Pentecostal (Osasco - SP)
Igreja Evangélica Missão Celestial Pentecostal
Igreja Evangélica O Senhor Vem No Fim
Igreja Evangélica Pentecostal A Tenda Da Salvação (São José Do Rio Preto - SP)
Igreja Evangélica Pentecostal A Última Embarcação Para Cristo (São Paulo - SP)
Igreja Evangélica Pentecostal A Volta Do Grande Rei (Poços De Caldas - MG)
Igreja Evangélica Pentecostal Creio Eu Na Bíblia
Igreja Evangélica Pentecostal Creio Eu Na Bíblia (Uberlândia - MG)
Igreja Evangélica Pentecostal Cuspe De Cristo (São Paulo - SP) 
Igreja Evangélica Pentecostal Da Bênção Ininterrupta
Igreja Evangélica Subimos Com Jesus
Igreja Evangélica Universal Jesus Breve Vem (Vilhena - ES)
Igreja Evangélica Vida Profunda (Itaperuna - RJ)
Igreja Explosão Da Fé
Igreja Filho Do Varão
Igreja Jesus Está Voltando, Prepara-Te
Igreja Lugar Forte (São Paulo - SP)
Igreja Menina Dos Olhos De Deus
Igreja Palma Da Mão De Cristo
Igreja Pedra Viva
Igreja Pentecostal Alarido De Deus (Anápolis - GO)
Igreja Pentecostal Assembléia Dos Santos (Rio De Janeiro - RJ)
Igreja Pentecostal Barco Da Salvação (Mauá - SP)
Igreja Pentecostal Da Unificação Em Jesus Cristo (Rio De Janeiro - RJ)
Igreja Pentecostal Do Fogo Azul (Duque De Caxias - RJ)
Igreja Pentecostal Do Pastor Sassá (A Sassaricante...)
Igreja Pentecostal Esconderijo Do Altíssimo (Anápolis - GO)
Igreja Pentecostal Jesus Nasceu Em Belém (Belém - PA)
Igreja Pentecostal Jesus Vem E Vencerá Pela Fé (São Paulo - SP)
Igreja Pentecostal Jesus Vem Você Fica (São Paulo - SP)
Igreja Pentecostal O Poder De Deus É Fogo (Rio De Janeiro - RJ)
Igreja Pentecostal O Senhor Pelejará Por Vós (Santo André - SP)
Igreja Pentecostal Planeta Cristo (Uma igreja do outro mundo...)
Igreja Pentecostal Remidos Do Senhor No Brasil (Pimenta Bueno - RO)
Igreja Pentecostal Trombeta De Deus (Samambaia - DF)
Igreja Pentecostal Uma Porta Para A Salvação
Igreja Pentecostal Vale De Bênçãos
Igreja Primitiva Do Senhor (Campos - RJ)
Igreja Sinais E Prodígios
Igreja Socorrista Evangélica
Ministério Apascenta As Minhas Ovelhas
Ministério Eis-Me Aqui 
Ministério Favos De Mel (Rio De Janeiro - RJ) 
Ministério Maravilhas De Deus
Tabernáculo O Senhor É Meu Pastor (Santana Do Livramento - RS)
Templo Evangélico Da Sétima Trombeta (Rio De Janeiro - RJ)
*****
Todas essas "igrejas" além de outras milhares existentes pelo mundo a fora, é o protestantismo decorrente de várias divisões e subdivisões da própria reforma (deforma) protestante, assim nascendo essa linhagem de seitas, heresias, doutrinas e teologia tardia, contraditória e oposta entre si !
A tabela, ainda que não seja exaustiva (pois são milhares de “igrejas”), mostra como as denominações protestantes que hoje em dia fazem adeptos no Brasil, estão distantes de Jesus Cristo na linha da história. Antes do século XVI não se falava de Confissão Luterana; Igreja Batista, Presbiteriana... Antes do século XX não se falava de Assembleia de Deus, igreja Deus é amor, Comunidade "Nova Vida", "Igreja Socorrista", etc. Não foi Jesus Cristo quem deu origem a tais organizações, mas foram pastores humanos, dos quais alguns disseram ter recebido revelações mais recentes do que as de Jesus Cristo; tal é o caso de Joseph Smith (Mórmons), Charles-Taze Russell e Rutherford (Testemunhas de Jeová), Alexandre Freytag (Amigos do Homem)... Quanto mais recente é a denominação protestante, mais tende a trocar o Novo Testamento pelo Antigo, chamando Deus pelo nome de Jeová, negando a Divindade de Cristo e a SS. Trindade, observando o sábado em lugar do domingo, etc.
São Paulo disse que a Igreja de Jesus teria unidade na fé, na doutrina (Ef 4, 5). No protestantismo existem milhares de igrejas justamente porque nenhuma concorda com todas as doutrinas das demais, a desunião doutrinária do protestantismo é uma total desobediência à palavra de Deus mencionada em: Ef 4, 5. 13-14; Rm 16, 17-18; 1° Cor 1, 10; 2° Pd 2, 1-3. Tais textos deixam bem claro que divisão na doutrina nunca foi ação ou inspiração divina, sendo assim, é biblicamente impossível e historicamente também o protestantismo ou quaisquer das milhares de igrejas protestantes serem a verdadeira Igreja de Jesus Cristo.
Somente a Igreja Católica Apostólica Romana existe desde os primeiros séculos da nossa era. Evidentemente, antes de Martinho Lutero (fundador da primeira igreja protestante e pai do protestantismo) em 1517, não existia o protestantismo nem nenhuma igreja protestante. Existia apenas uma Igreja cristã: “A Igreja Católica Apostólica Romana” que por uma sucessão ininterrupta de bispos ascendia aos apóstolos e por meio dos apóstolos ao próprio Jesus Cristo. Esta era a única Igreja fundada por Cristo a história não conhece outra, muitos teólogos e estudiosos protestantes vendo a impossibilidade de assassinar a história confirmam esta verdade, citando dois exemplos entre muitos:
O livro protestante e anticatólico:”porque deixamos a batina”, páginas 6-7, 3° edição afirma que a Igreja Católica Romana durante os três primeiros séculos era a Igreja de Cristo, que após o 3° Sec. Deixou de ser porque apostatou : Há cerca de 1.600 anos, a Igreja de Cristo, instalada em Roma ...
O pastor Raimundo de Oliveira da Assembleia de Deus, ao falar da paganização da Igreja Romana admite: Durante os séculos I-II (33-196) a Igreja Romana não aceitou nenhuma doutrina antibiblica Cf. Seitas e Heresias um sinal dos tempos, Pág. 16, 1° edição, CPAD.
Vemos nestes dois testemunhos protestantes que apesar de erroneamente dizerem que a Igreja Católica paganizou-se ou apostatou, não negam que ela existe desde o 1° século, que era a Igreja de Jesus Cristo, que era pura nas suas doutrinas. Aliás, todas as vezes que os protestantes dizem (para tentar justificar sua tardia origem ou existência) que a Igreja Católica apostatou (se desviou das verdades bíblicas e passou a ensinar heresias), confirmam através desta crítica (objeção) que a Igreja Católica apostólica Romana era a verdadeira Igreja, pura nas suas doutrinas, e por conseguinte, era a única Igreja de Jesus Cristo. E se era a única Igreja que Jesus fundou, ainda hoje é, e continuará sendo (visivelmente) até o fim do mundo De fato:
CARTA ABERTA AOS PROTESTANTES SOBRE A APOSTASIA DA IGREJA CATÓLICA
A Igreja Católica apostatou? Vamos “supor” que isto tenha acontecido. Ora, se veio a apostatar, é porque, de fato, não era ainda apóstata. Quem diz apostasia diz a passagem de uma realidade para outra diametralmente oposta. O ato de apostatar exige uma condição prévia inteiramente incompatível com a apostasia. Assim como uma barra de ferro só se poderá esquentar se estiver fria, e um pedaço de madeira só se poderá partir se estiver inteiro, e um homem só poderá morrer se estiver vivo, também a Igreja Católica só poderia apostatar se estivesse em algum momento livre de apostasia; só poderia paganizar-se se não estivesse paganizada ainda. Negareis o óbvio? Não o creio.
Muito bem. Mas se um dia a Igreja não foi apóstata, se não era paganizada em algum momento da história, segue-se que foi um dia legítima, autêntica, verdadeira. Se era verdadeira, era, por conseguinte, a Igreja de Jesus Cristo, pois não havia outra. Temos, então, que essa Igreja que chamais apóstata, foi em alguma época a verdadeira Igreja, pura nas suas doutrinas e práticas. Negareis o óbvio? Não o creio.
Mas afirmais que ela apostatou. Como? A verdadeira Igreja poderia alguma vez apostatar? É aqui, senhores, que a vossa afirmação desmorona, como um imenso castelo de areia firmado na flacidez do chão molhado da praia. Desde quando a Igreja poderia apostatar? Nunca! Jesus Cristo teria sido um mentiroso, um impostor, e mui justa seria a sentença condenatória exarada por Pôncio Pilatos e a acusação vinda da parte do Sinédrio. Mas isso ninguém jamais cogitou. Justo foi Pilatos? Justo o Sinédrio? Impossível!
As promessas neotestamentárias da assistência divina à Igreja, por outro lado, são muitas e claras.
Ao dizer a Pedro do estabelecimento da Igreja, o Salvador garantiu que as portas do Inferno não prevaleceriam contra ela (cf. Mt. 16,18). Ora, se a Igreja depois disto apostatou, deixando de ser a verdadeira Igreja, segue-se que as portas do Inferno prevaleceram e Jesus foi um falso profeta. Em outra ocasião, pouco antes de ascender, o Senhor disse aos apóstolos que ficariam com eles "até a consumação dos séculos" (Mt. 28,20). Mas o que seria desta presença sempre continuada, se o paganismo depois invadisse a Igreja e a corrompesse até os seus fundamentos?
Sabendo da proximidade da sua ida para junto do Pai, Jesus falou do Espírito Santo: "Eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro Paráclito, para que fique eternamente convosco" (Jo. 14,16; ainda 14,26; 15,26). Mas onde, senhores, [estaria] a eficácia da atuação deste Paráclito se apostatasse a Igreja?
Se a Igreja pudesse em algum momento apostatar ou paganizar-se a palavra de Deus não a chamaria de coluna e firmeza da verdade (1° Timóteo 3,15), este texto nos diz que é impossível a Igreja visível de Cristo, sendo o fundamento da verdade ensinar o erro, heresias.
Será que não veem senhores protestantes que para não acreditar e aceitar a Igreja Católica Apostólica Romana como a única e verdadeira Igreja que Jesus fundou, vocês preferem desacreditar e rejeitar a própria Palavra de Deus, Desobedecer e blasfemar contra o próprio Senhor e Salvador Jesus Cristo? De fato, respondam-me ser irem contra o bom senso e a palavra de Deus: como poderia ser possível a Igreja de Cristo ser ao mesmo tempo sustentáculo da verdade (1° Tm 3, 15) e do erro, da heresia?
Dizer que a Igreja apostatou como dizem os protestantes, é o mesmo que afirmar e blasfemar que Jesus Cristo não passou de um traidor miserável, que nos ludibriou a todos! Pois Prometeu que as portas do Inferno jamais prevaleceriam, mas a Igreja apostatou. Prometeu a sua assistência até o final dos séculos, mas a Igreja apostatou. Prometeu o Espírito da verdade para que ficasse eternamente, mas a Igreja apostatou.
Quer dizer senhores protestantes que Jesus mentiu? Foi ou é incapaz de cumprir suas promessas em relação à sua Igreja, à Igreja que ele fundou? É como diz o antigo provérbio:”o pior cego é o que não quer ver”!
Não soubesse eu, senhores protestantes, que a assistência divina é infalível e que tem, pelos séculos, preservado a Igreja de todas as heresias, e estes brados de revolta e blasfêmia de vocês soariam os mais justos e louváveis. Mas sei que a Igreja, um dia edificada por Cristo sobre Pedro (Mat 16, 18-19) a Rocha/cefas (João 1, 42) Pastor de todo o rebanho/Igreja de Jesus ( João 21, 15-17) e seus sucessores (Mat 28, 20), jamais renegou os ensinamentos que recebeu, porque nela atua Aquele que é a própria Verdade, mesmo que assim não queiram as vossas incontáveis denominações, que, não tendo Deus Cristo por fundador, jazem impotentes ante um turbilhão de contradições doutrinárias. ( larcatolico.webnode.com.br/…/a-igreja-catolica-apostatou-e…/ )
A igreja católica tem uma só fé, uma só doutrina, de fato, quando o católico em cada missa recita o credo " Creio em Deus pai todo poderoso criador do céu e da terra e em Jesus Cristo seu único filho nosso Senhor ... Estar professando a mesma fé dos cristãos desde os primeiros séculos até hoje
Perguntemos ao protestante: Pouco antes de aparecer o protestantismo ou se fundar uma “igreja” protestante existia ou não existia a Igreja de Jesus Cristo? Diz que sim! Neste caso o protestantismo ou “igreja” protestante diversa da verdadeira Igreja, não é a Igreja de Cristo. Diz não! Neste caso contradiz a palavra de Jesus Cristo que é Deus, o qual afirma que a sua Igreja é indestrutível como sociedade visível e infalível na doutrina (Mat 16, 18-19; 18 17; 28 20; Lc 10,16; Jo 16, 13; atos 20, 28; 1° Tm 3, 15.
Outras perguntas que devem ser feitas aos protestantes é: “Quem fundou a sua Igreja e por quê? Foi o Senhor Jesus que a fundou ou foi um mero homem? E para ajudá-lo na resposta: Qual seria a sua igreja se você nascesse há mil e cem anos, ou 600 anos antes, da reforma protestante em 1517?”. Qual a Igreja cristã que existe desde os primeiros séculos? A resposta seria apenas uma: Igreja católica. Ora, Visto que Jesus prometeu que as portas do inferno nunca haveria de prevalecer contra a sua Igreja, ou seja, que nunca ia deixar ela errar doutrinariamente (Mt 16, 18-19), pois ela seria até o fim do mundo a coluna e sustentáculo (firmeza) da verdade (1° Tm 3, 15) é ilógico e contraditório aceitar atualmente doutrinas que não se alinham com as da Igreja católica! Podem-se aceitar ritos e disciplinas diferentes, mas não doutrinas! Será anticristão abandonar ou rejeitar a única Igreja que Jesus fundou por “igrejas” ou “seitas” fundadas por homens! De fato, perguntamos: As igrejas protestantes (que tiveram origem com e após a reforma protestante) estão na bíblia? É impossível, pois só surgiram 1300 anos após a bíblia e quinze séculos após da existência da Igreja de Jesus Cristo. Já que não estão na bíblia porque vocês protestantes (“evangélicos” ) seguem essas “igrejas” fundadas por meros homens? Afinal de contas não são vocês que dizem que só devemos seguir o que está na bíblia?
Ora é de crer que, se os cristãos conhecessem melhor a história das denominações protestantes, não adeririam tão facilmente a elas ou as deixariam sem demora, porque perceberiam que são obras de homens que se opõem à intenção de Jesus Cristo; principalmente os católicos não se tornariam protestantes, pois, assim procedendo, abandonam a única Igreja fundada por Jesus Cristo para aderir a comunidades fundadas por homens, quinze ou mais séculos após Jesus. Será a mesma coisa seguir Jesus Cristo e seguir um "profeta" do século XVI ou XVIII?
Quem dá sustentação e vida à árvore é sua raiz! Uma árvore sem raiz não sobrevive nem se mantém segura de pé! E o que temos na raiz desta grande árvore que é o Cristianismo? Na base (raiz) está a Igreja católica (é fato histórico; observe mais uma vez a tabela acima)! Sua raiz bebe diretamente Daquele que dá e é a água viva (cf. Jo 4,10), Jesus Cristo, o Filho de Deus. E é por isso que ela, ainda nos dias de hoje, tem se demonstrado forte e vigorosa (apesar da sua idade e de tanta perseguição), e assim será até a consumação dos séculos (cf. Mt 28,20).
As doutrinas dos protestantes de hoje são diferentes e opostas das dos fundadores das primeiras “igrejas” protestantes. Neste caso quem são os que possuem a verdade, são os fundadores do protestantismo? Diz sim! Então os protestantes de hoje estão no erro. E se estavam no erro os fundadores, o protestantismo cai pela sua base.
A interpretação privada da bíblia introduziu no protestantismo incontida variabilidade, enorme e contraditória diversidade de interpretações e doutrinas, selo do erro ( a verdade une o erro divide). Como o erro não pode ser consequência da verdade, mas do erro, a interpretação privada professada por todas as “igrejas” protestantes é um erro que infecciona todo o protestantismo impedindo-o de crescer em unidade, mas fazendo o mesmo se dividir em milhares de seitas opostas entre si: Logo todas e cada uma das ”igrejas” protestantes estão baseadas no erro.
O Espírito Santo, Espírito de verdade, não inspira interpretações e doutrinas contraditórias. Ora, as “igrejas” protestantes afirmam interpretações e doutrinas contraditórias, e cada “igreja” nova nasce de uma contradição com outra “igreja”, logo elas não podem estar inspiradas pelo Espírito Santo; logo o princípio protestante da interpretação privada não é cristão pois semeia a divisão, nem conduz à verdade pois semeia a contradição. E como podem essas igrejas atribuir suas mais diversas doutrinas ao mesmo Espírito Santo, sendo estas completamente contraditórias entre si? Não seria uma blasfêmia dizer que o Espírito Santo está ocasionando divisões entre os cristãos se Jesus Cristo afirmou que haveria um só rebanho e um só pastor? (Jo 10,16)
Na raiz de todo este esfacelamento do Cristianismo, que se perde cada vez mais em fantasias arbitrárias, está o princípio, estipulado por Lutero, segundo o qual a Bíblia deve ser interpretada por cada leitor em "livre exame"; o que quer dizer: cada qual tem o direito de contar com a iluminação do Espírito Santo e entender a Bíblia como bem lhe pareça; em consequência, tira as conclusões que julgue adequadas, sem orientação da Igreja. É compreensível que tal princípio, coerentemente aplicado, tenha levado e leve o Protestantismo a se autodestruir cada vez mais, dividindo-se e subdividindo-se em comunidades, das quais as posteriores pretendem sempre reformar as anteriores e são reformadas pelas subsequentes. Os membros de tais comunidades reformadas seguem tão somente o alvitre subjetivo e imaginoso de um "profeta", e não mais a Palavra de Jesus Cristo como tal. Este fundou uma só Igreja, que Ele confiou a Pedro, dando-lhe a garantia de sua assistência infalível até a consumação dos séculos (cf. Mt 16,16-19; 28,18-20); fora desta única Igreja há sociedades humanas cristãs, que não podem ser ditas "Igreja de Cristo" a não ser na medida parcial em que compartilham elementos da única Igreja de Jesus Cristo (a leitura da Biblia, o Batismo, o espírito de oração...). São obras humanas (a prova de que são obras meramente humanas, é a contínua dissolução de tais grupos em subgrupos e subgrupos...; há quem enumere mais de 1.600 denominações cristãs somente na África)!
Vê-se, pois, que o individualismo colocado na base da Reforma de Lutero é o fator de autodestruição da própria Reforma, pois favorece todas as tendências divergentes, levando às conclusões mais extremadas. O próprio Lutero se assustou ao perceber a confusão que seus princípios provocaram.
Em consequência, torna-se difícil dizer quais os pontos comuns a todas as denominações protestantes. Podem-se apontar o uso da Bíblia como única norma de fé e a crença em Deus uno, Criador e Juiz; a própria Divindade de Cristo é negada por não poucos protestantes; há também correntes reformadas que não admitem sacramento algum. Por isto deve-se dizer que as diferenças, dentro do Protestantismo, entre Testemunhas de Jeová e Batistas, entre Adventistas e Presbiterianos... São maiores do que as diferenças entre luteranos e católicos.
De resto, o liberalismo apregoado pelo princípio do livre exame é geralmente atenuado ou mesmo supresso nas comunidades protestantes onde os pastores exercem forte liderança sobre os seus fiéis.
Talvez, porém, alguém objete: a Igreja fundada por Cristo não tem suas falhas e não necessita de purificação e renovação?
— É certo que, onde existem seres humanos (e na Igreja eles existem), existe fragilidade; esta, sem dúvida, exige purificação. Todavia a purificação da Igreja há de se fazer sem ruptura com o passado, sem perda de contato com a linhagem apostólica e a fonte "Jesus Cristo". Qualquer quebra nessa linha é mortal, pois faz da nova comunidade uma obra meramente humana, separada do seu manancial autêntico; a tal comunidade já não se aplica a Palavra de Cristo em Mt 28,18-20: "Estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos".
A própria Igreja de Cristo, a Igreja Católica, sabe tirar do bojo da sua vitalidade o remédio aos males morais que acometem seus filhos; a Igreja é a Mãe solícita de curar as chagas que os seus filhos lhe infligem à revelia da própria Mãe. Na verdade, o católico que peca, peca porque se afasta dos ensinamentos e da vida da Igreja.
Aliás, a razão pela qual não se pode conceber Reforma da Igreja fundada por Cristo (mas apenas reformas em setores disciplinares da mesma), é o próprio conceito de Igreja. Esta não é uma República (como afirmavam reformadores do século XVI), nem é uma sociedade meramente humana, mas é o sacramento que continua o mistério da Encarnação; é Jesus Cristo prolongado em seu corpo através dos séculos — o que significa que, por debaixo da veste humana e defectível que os homens dão à Igreja, existe o próprio Cristo presente com sua autoridade e indefectibilidade; esta presença atuante de Cristo garante a todos quantos se chegam a Ele na Igreja, a santificação e a vida eterna; é Ele quem batiza, é Ele quem consagra o pão e o vinho, é Ele quem absolve os pecados. Consciente dessa presença indefectível de Cristo na Igreja podia São Paulo dizer que "Cristo amou a Igreja e se entregou por ela... para apresentar a si mesmo a Igreja gloriosa, sem manchas nem rugas ou coisa semelhante, mas santa e irrepreensível" (Ef 5,25-27). Com efeito, a Igreja é santa não por causa da oscilante santidade dos homens que a integram, mas por causa da presença do Santo de Deus ou de Cristo que nela se encontra. Por isso não toca a homem algum refazer a Igreja ou recomeçá-la, mas compete-lhe apenas zelar para que a face externa da Esposa de Cristo seja purificada das falhas que os homens lhe impõem.
Refletindo sobre estas verdades, os fiéis católicos hão de se recordar das palavras do Apóstolo São Paulo, que hoje parecem mais oportunas ainda do que nos tempos da Igreja nascente:
"Rogo-vos, irmãos, que estejais alerta contra os que causam divisões e 
escândalos contrários à doutrina que aprendestes; afastai-vos deles", os tais 
não servem a nosso Senhor Jesus Cristo (Rm 16,17-18).
"Alcancemos todos nós a unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, o estado de Homem Perfeito, a medida da estatura da plenitude de Cristo.Assim não seremos mais crianças, joguetes das ondas, agitados por todo vento de doutrina, presos pela artimanha dos homens e da sua astúcia que nos induz em erro" (Ef 4,13-14).
" Haverá entre vós falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias(seitas) de perdição, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade. E por avareza (amor exagerado ao dinheiro) farão de vós negócio com palavras fingidas, sobre os quais a perdição não dorme" ( 2° Pedro 2, 1-3; Atos 20, 28-30)
RESPONDENDO OBJEÇÕES DE ALGUNS PROTESTANTES
continua em: http://www.larcatolico.com/news/protestantismo/
Ad majorem Dei gloriam,
Sérgio Meneses
Fonte(s):
http://www.montfort.org.br/index.php?sec
Suplemento do catequista Aquino em :www.larcatolico.com
Ai vocês podem ver no que eles transformaram,e tudo decorrente daquele protesto lá em cima de Lutero! Você ainda acha que Lutero fez bem? Tire agora sua conclusões o protestantismo poderia ser mesmo o corpo de Cristo nessa baderna toda? Você acha que no meio dessa bagunça que o protestantismo é hoje,se encontra a verdadeira Igreja de Cristo? Se perguntem irmãos,lembrando cada Igreja com sua interpretação da Bíblia e cada vez mais difamando a única Igreja que Jesus Cristo fundou...
A Enciclopédia Cristã Mundial em 2002 calculou que havia no mundo mais de 35.000 denominações de seitas protestantes imagina hoje em 2010 quantas não existem?
A Igreja de Cristo não nasceria só em 1524,não viria por Lutero negando vários ensinamentos Bíblicos fazendo de sua vontade o combustível para fundar uma seita Cristã que como Cristãos autênticos sabemos que doe no coração do Pai ver tal situação!

Lista de denominações protestantes no Brasil – Wikipédia, a enciclopédia livre
Esta é uma lista de denominações protestantes no Brasil. Esta não é uma lista de igrejas protestantes…
PT.WIKIPEDIA.ORG

 

 

Contacto

Larcatolico (86) 99964-9541 aquinocatequista@hotmail.com